Retrospectiva: Biblioteca do Bairro em 2013

O último dia do ano sempre nos faz refletir sobre a trajetória que traçamos no decorrer dos últimos doze meses. Quando pensamos no caminho que a BiblioBairro percorreu, essas memórias ganham um gostinho especial de conquistas, alegrias e aprendizado.

Em janeiro de 2013 nosso projeto começava a dar os primeiros passos. Ainda de forma tímida, os voluntários percorreram as ruas do bairro entrevistando moradores com a finalidade de conhecer melhor as necessidades da comunidade. Três meses depois era criado nosso principal canal de divulgação e comunicação com amigos, apoiadores, colaboradores, voluntários e moradores do bairro: uma página no Facebook dedicada à BiblioBairro, meio por onde cada vez mais pessoas começaram a ter acesso às atividades e ações realizadas pelo projeto. Já nestes meses iniciais começamos a receber as primeiras doações, tantas e tão cheias de mensagens positivas de seus doadores que percebemos o quanto valia a pena buscar fazer algo bom pela comunidade.

Pesquisa entre Leitores

Voluntários da Biblioteca do Bairro realizando entrevistas com os moradores do bairro Piquizeiro

O desafio de implantar uma biblioteca comunitária no bairro do Anil começou a nos mover e incentivar a buscar as primeiras soluções e formas de alcançar nosso objetivo. Desde então, tivemos o prazer de encontrar pessoas que abraçaram o projeto, ofereceram seu tempo e ajuda e tornaram-se nossos grandes amigos, apoiando-nos e dando incentivo para que a BiblioBairro pudesse seguir em frente.

Nossa vontade de levar a leitura ao cotidiano da comunidade somada ao apoio que encontramos pelo caminho têm nos feito levar o projeto ao conhecimento do grande público de forma gradual. Além de falar do projeto para amigos, parentes e vizinhos, tivemos a oportunidade de gravar algumas reportagens para canais de televisão locais e também ter um pouco da história do nosso projeto contada em blogs.

Entrevista Portal Imirante

Entrevista dos voluntários da BiblioBairro para o Portal Imirante

Além disso, tivemos o prazer de realizar e participar de alguns eventos neste maravilhoso ano de 2013. Para o Dia das Crianças, em parceria com o blog Design Culture, realizamos o HappyD!. Ficamos tão felizes quanto os pequenos por fazer parte da grande festa que foi aquela manhã de domingo repleta de dinâmicas, brincadeiras e sorrisos.

HappyD!

HappyD!

Logo depois, nossos voluntários puderam falar mais da BiblioBairro em uma palestra na 7ª Feira do Livro de São Luís – FeliS. Incrível momento onde pudemos contar um pouco da nossa história no maior evento literário da capital maranhense.

Palestra 7ª FeliS

Palestra da BiblioBairro na 7ª Feira do Livro de São Luís

As atividades não acabaram por aí! Para fechar o ano, participamos do Bazar Limpa do Bem, a Missão #7 do projeto Imagina na Copa. Junto a outros projetos como o Movimento Sebo no Chão e o Donnos da Alegria tivemos espaço para arrecadar verba com a venda de alguns produtos, falar do nosso projeto e também incentivar o uso de espaços públicos – neste caso, uma praça – para eventos culturais.

Bazar Limpa do Bem

Bazar Limpa do Bem

No decorrer deste ano ficamos muito felizes por saber que, da mesma forma que buscamos impactar positivamente uma comunidade, acabamos sendo impactados por todas as pessoas que trocaram experiências conosco e também servimos de inspiração para elas, inclusive para quem participou e ainda participa ativamente como voluntário do projeto. Como diz Carliane Martins, uma das integrantes da nossa equipe: “Trabalhar voluntariamente é algo que envolve muito mais que solidariedade, envolve principalmente carinho. É querer fazer mais pelo próximo. É acreditar que podemos construir algo, ou transformar algo. Transformar através do carinho. E ajudar um projeto tão legal quanto o Biblioteca do Bairro me fez acreditar mais ainda na força do carinho e no poder de transformação de realidades através de iniciativas coletivas. Pois o projeto nada mais é que um grupo de pessoas que acreditam em algo e lutam por isso. Nós acreditamos que a leitura pode ser transformadora. E foi o amor à leitura que nos reuniu nesse projeto.”

Terminamos o ano de 2013 com satisfação. Aprendemos muito com nossos êxitos e também com nossos erros. Cada sorriso, palavra de incentivo, cada angústia por uma etapa que ainda não se cumpriu e cada pensamento positivo nos levando a seguir em frente têm sido nossos combustíveis para continuar trilhando o caminho que começamos desde o instante em que nos perguntamos: “Por que não fazer do local onde vivo um lugar melhor para mim e para os que estão à minha volta?”. Esperamos que este seja só o primeiro ano de muitos outros que virão para a Biblioteca do Bairro. E desejamos a todos vocês um 2014 de muitas realizações, felicidades e paz!

Anúncios

BiblioBairro na 7ª Feira do Livro de São Luís

Todos os anos, a capital maranhense sedia o maior evento literário do estado: a Feira do Livro de São Luís. Este ano, em sua sétima edição, o evento trouxe o tema “Livro e leitura: do impresso ao virtual sem perder a poesia”, e ocorreu de 27 de setembro a 06 de outubro no Centro Histórico.

Para quem é apaixonado por livros, a Feira do Livro é uma excelente oportunidade para se adquirir novos exemplares. Mas o que se viu nesta última edição foi também uma oportunidade de revitalização do Centro Histórico da capital maranhense, que na ocasião foi tomado por atividades artísticas e culturais, que abrilhantaram ainda mais o evento.

A Biblioteca do Bairro teve o prazer de participar desta festa cultural ministrando a palestra “Biblioteca do Bairro do Anil: a leitura transformando a comunidade“, com a mediação de Cassia Furtado, onde nossos voluntários apresentaram o projeto e por uma hora trocaram experiências com as pessoas que lá estiveram presentes. Escutamos e aprendemos muito e saímos com a certeza que ensinamos também.

Tivemos a grata oportunidade de falar sobre o nosso projeto e discutir o quão importante é a leitura para uma comunidade. Agradecemos a todos os amigos, colaboradores, parceiros e interessados que estiveram presentes na palestra – e os que não estiveram presentes também, mas que sempre  dão uma força para o projeto.

Fica aqui nosso agradecimento e parabenização aos que fizeram a 7ª FeliS acontecer. Esperamos participar mais vezes!

Ser pai, ser poesia

Feliz Dia dos Pais!

Muitas pessoas têm seus pais como heróis, grandes exemplos de vida a serem seguidos. Em alguns casos, foram esses pais os responsáveis por dar carinho quando mais se precisava, acalentar, advertir sobre os caminhos certos e incentivar um filho a entrar no mundo da leitura. A data de hoje, o famoso Dia dos Pais, é uma comemoração em homenagem aos que, por mais que estejam distantes, estarão sempre guardados no coração dos filhos.

Para celebrar este dia, trouxemos a poesia de um grande escritor e, sobretudo, pai: Ferreira Gullar. Maranhense, nascido na capital em 10 de setembro de 1930, desde cedo recebeu premiações por seus escritos e atualmente exibe um vasto acervo de produções em poesias, crônicas, peças e ensaios.

No poema intitulado “Filhos”, Gullar expressa sua visão como pai, e em poucas palavras praticamente resume parte da sua trajetória familiar. No recorte feito do cotidiano íntimo, entendemos suas reflexões, pesares, talvez arrependimentos, mas sobretudo deslumbramento com seus já crescidos filhos. Não é fácil ser um pai, mas as pequenas alegrias presenteadas no dia-a-dia podem compensar esse trabalho árduo. Leiam:

Filhos (Ferreira Gullar)

Ao meu filho Marcos

Daqui escutei

quando eles

chegaram rindo

e correndo

entraram

na sala

    e logo

invadiram também

o escritório

(onde eu trabalhava)

num alvoroço

e rindo e correndo

se foram com sua alegria

 

se foram

 

Só então

me perguntei

por que

não lhes dera

maior

atenção

    se há tantos

    e tantos

    anos

    não os via

    crianças

    já que

    agora

    estão os três

    com mais

    de trinta anos.

Amor à leitura

tumblr_mky09kVAhf1s8gm6co1_500

Prazer, somos incentivadores.

Todo aficionado por leitura teve um incentivador, ou vários incentivadores.  Os incentivadores são pessoas que amam a leitura, conhecem seus benefícios, e por este motivo desejam dividi-los com mais pessoas.

O pai, a mãe, o coleguinha da escola ou o primeiro namorado, geralmente o aficionado em livros vai dizer coisas do tipo: “o meu amor pela leitura começou com a minha mãe…”, ou “foi com a minha melhor amiga que descobri os livros”. Não importa quem, o importante mesmo é que essas pessoas influenciam para sempre a vida dos amantes da leitura.

Para amar é preciso conhecer, e os incentivadores fazem bem esse papel de disseminadores de amor pelos livros. Eles encantam e cantam os versos, os trechos e as frases de seus livros favoritos para os “ainda” não leitores, e estes acabam se rendendo a essas narrativas.

A BiblioBairro fará este mesmo papel no bairro do Anil e adjacências, pois levaremos todo o nosso amor pela leitura para transformar leitores de ocasião em leitores assíduos, apaixonados em aficionados e oportunizar a aqueles sem acesso à leitura momentos de intenso prazer ao folhearem os primeiros livros.

Eu Quero Minha Biblioteca!

Imagem

Espaços para leitura e pesquisas são essenciais para a formação intelectual das pessoas, especialmente de crianças e jovens em atividade escolar. Estamos acostumados a imaginar que toda escola pública ou privada possui uma parte das suas dependências destinada à uma biblioteca, porém não é isso que acontece em todos os casos. Mas você sabia que este é um direito garantido por lei a todos os estabelecimentos de ensino?

Pensando nos benefícios incontáveis para a educação dos alunos de todas as escolas do Brasil, o Instituto EcoFuturo iniciou uma mobilização através da campanha Eu Quero Minha Biblioteca, que tem o objetivo de divulgar aos cidadãos, gestores públicos, professores e candidatos à eleições municipais a garantia dada pela sanção da Lei 12.244/10, em março de 2010, de que todas as instituições de ensino brasileiras devem possuir uma biblioteca até 2020.

Através do site da campanha, qualquer pessoa pode se cadastrar e colaborar com a campanha, que disponibiliza também materiais de orientação para download e mais outras informações aprofundadas sobre as ações realizadas, índices de leitura e o impacto positivo das bibliotecas nas escolas e na sociedade.

Toda esta mobilização só prova que as bibliotecas possuem um papel indiscutivelmente importante no crescimento cultural e educacional de uma sociedade. E é por isso que elas merecem nosso apoio!

Livros e bibliotecas: uma aposta para o futuro

Como a leitura pode mudar a realidade de milhares de pessoas?

Os livros, com seus mais diversos assuntos e autores, são uma ótima ferramenta para desenvolver o poder que nossa imaginação e raciocínio crítico têm. É conhecendo suas histórias, tramas, indagações e propostas que adquirimos cada vez mais conhecimento, complementando os saberes que já possuíamos. É uma troca, um diálogo, onde o leitor sempre acaba mais experiente a cada página virada.

Se um livro pode causar todo esse benefício, imagine vários deles? E ainda um lugar repleto de obras literárias, disponíveis a quem tiver interesse em desfrutá-los? Imagine que todas as pessoas, inclusive aquelas que não têm acesso fácil à leitura, possam ter o prazer de buscar um livro quando quiserem e aproveitar as recompensas que este nos concede?

Fazer com que todas essas ações maravilhosas aconteçam é o papel de uma biblioteca, seja ela pública ou comunitária. Se você não conhecia este termo antes, trata-se de um espaço de leitura, responsável por difundir e fomentar o ato de ler em comunidades, geralmente de baixa renda, atuando na melhoria dos índices de violência e baixo desenvolvimento educacional. As bibliotecas comunitárias são, na verdade, uma ponte entre os cidadãos e uma instrução cultural e intelectual adequada.

Partindo desse princípio, o projeto Biblioteca do Bairro – BiblioBairro Anil foi idealizado, e está sendo desenvolvido desde janeiro de 2013. Com principal foco nas comunidades do Anil, Pão de Açúcar, Piquizeiro e Cruzeiro do Anil (além dos bairros adjacentes), em São Luís – MA, uma equipe de 11 voluntários e mais outros incontáveis apoiadores, colaboradores e parceiros atualmente agem para que esta iniciativa possa ser realizada. Estamos ainda em etapas iniciais, e no decorrer de todo o nosso processo de implantação vamos usar este blog para compartilhar com vocês as nossas conquistas. Acompanhem-nos aqui e também pela nossa fanpage

Compartilhe, patrocine, doe, apoie ou divulgue o nosso projeto. Vamos atuar para que esta ideia dê certo, e que possamos agir no desenvolvimento de nossa comunidade!